Como conciliar aprendizado e diversão em um intercâmbio internacional?

Como conciliar aprendizado e diversão em um intercâmbio internacional?

Paola Rodrigues acaba de chegar da Flórida (EUA) e compartilha sua experiência desde o planejamento para concretização do sonho.

Paola Rodrigues acaba de chegar da Flórida (EUA) e compartilha sua experiência desde o planejamento para concretização do sonho.

Ter sonhos todos têm, mas torná-los realidade é um pouco mais complicado. A Paola Rodrigues conseguiu realizar recentemente um grande sonho. Em janeiro deste mês, fez um intercâmbio estudantil para a Flórida no Estados Unidos.
Com o suporte da escola de idiomas inFlux, de Uberlândia, ela conseguiu dividir bem o tempo de estadia no país estrangeiro e unir aprendizado e diversão.
“Durante o dia, eu estudava, mas também fiz vários passeios integrados ao intercâmbio para enriquecimento cultural, como visitas guiadas ao Corpo de Bombeiros, asilo, shoppings, praias e outros locais para conhecer a rotina da cidade, e também visitei pontos turísticos, como o Universal Studios e Walt Disney World, restaurantes, e etc. Os passeios sempre acabavam no fim da tarde, então todos os dias a noite sobrava tempo para fazer a lição de casa. Nos dias que antecediam as provas ficava um pouco mais apertado, porque além de fazer as lições tinha que estudar para a prova, mas no fim deu tudo certo e consegui concluir o módulo do curso com nota boa, e ainda me divertir”, relata Paola.

Planejar para realizar
O diretor da inFlux Uberlândia, Murilo Natal, afirma que para o sonho se tornar realidade o aluno só precisa se planejar. “Quanto maior for o tempo de planejamento para viajar, menor será o investimento de imediato. Boa parte dos alunos que querem fazer intercâmbio sinalizam assim que chegam na escola e já orientamos um planejamento para facilitar a concretização do sonho”.
No caso da Paola, a programação começou um ano antes. “Comecei a juntar dinheiro no começo do ano passado. Assim que vi que iria conseguir juntar o dinheiro necessário comecei a correr atrás das documentações para tirar o passaporte e o visto”, conta.

Pensando no mercado
Além do aprendizado e diversão que pode proporcionar um intercâmbio, o mercado de trabalho também valoriza muito quem passa por esta experiência.
Especialistas dizem que isso se deve ao fato da pessoa ser considerada mais capaz de se expor a riscos e solucionar problemas, além de saber lidar melhor com adversidades e diferenças — sejam pessoais, culturais ou de outra natureza.
Com isso, maiores oportunidades profissionais podem surgir por causa desse tipo de viagem. Na opinião de Murilo, a oportunidade é única. “Fazer um intercâmbio internacional é um investimento que traz benefícios tanto para a vida pessoal quanto profissional, agrega muito valor ao currículo, pois o mercado de trabalho tem interesse em pessoas com vivências diferentes”, finaliza.

Michele Borges
ADMINISTRATOR
PROFILE

Posts Carousel

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *

Cancel reply

Latest Posts

Top Authors

Most Commented

Featured Videos