Earth Brasil integra Campos Gerais ao Rede de Fazendas Protegidas

Earth Brasil integra Campos Gerais ao Rede de Fazendas Protegidas

Programa de segurança rural foi implantado até agora em 82 municípios mineiros, com cerca de 250 mil propriedades rurais cadastradas e outras 92 mil em fase de cadastramento.

Programa de segurança rural foi implantado até agora em 82 municípios mineiros, com cerca de 250 mil propriedades rurais cadastradas e outras 92 mil em fase de cadastramento.

Infelizmente, nos últimos anos, roubos e furtos em zonas rurais têm sido frequentes. A zona rural do Sul de Minas não foge à regra e, por isso, a Coopercam, em parceria com o Sicoob Credcam, aderiu ao programa de mapeamento e roteamento georeferenciado ‘Rede de Fazendas Protegidas’, para, através do cadastramento das propriedades da zona rural de Campos Gerais, melhorar a segurança desses locais.

O Programa Rede de Fazendas Protegidas foi idealizado pela Earth Brasil. Segundo Plinio Pereira, diretor da empresa, a previsão é de que, até o final de 2018, 50% do estado de Minas Gerais esteja mapeado.

O objetivo do Programa é proporcionar mais segurança no campo, e assim colaborar também para a permanência das famílias na zona rural. Dessa forma, além da segurança visa assegurar a produção de alimentos brasileira, uma vez que cerca de 70% do que se consume no País é oriundo de pequenas propriedades e sem a devida segurança no campo há uma tendência à migração das famílias para a cidade. “Dessa forma, o Rede de Fazendas Protegidas é muito mais do que um programa de segurança física e patrimonial. É um aliado também para a segurança alimentar do Brasil”, ressalta Plinio Pereira.

Nas localidades onde o Programa está em funcionamento, a redução da criminalidade atingiu cerca de 60%, chegando a 100% em algumas cidades, de acordo com dados oficiais da Polícia Militar, outra grande parceira do Programa.

Como funcionará em Campos Gerais

O cooperado da Coopercam de Campos Gerais precisa ir até a sede da Cooperativa ou à agência do Sicoob Credicam, para realizar seu cadastro.

Para cada produtor cadastrado no Programa, será disponibilizado o número código de sua propriedade. Esse número passará a ser o endereço da propriedade, pois nele estão localizadas as coordenadas geográficas da sede da propriedade e isso proporcionará o atendimento por parte da Polícia Militar e/ou Samu, ambulância, bombeiros, em menor tempo possível devido à utilização de navegação em sistema de GPS para a localização.

 “Grupos de proprietários serão formados utilizando o aplicativo WhastApp ou o aplicativo Earth Brasil desenvolvido para o Programa com a utilização de botão de pânico para pedido de socorro médico ou crime. O aplicativo está em fase de testes e será oferecido já no mês de fevereiro, para que os policiais possam monitorar e receber informações dos produtores cadastrados no sistema de segurança. Em qualquer ação diferente que vier a acontecer na zona rural, esse grupo será acionado”, adianta José Afonso Gomes, diretor da Coopercam.

Michele Borges
ADMINISTRATOR
PROFILE

Posts Carousel

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *

Cancel reply

Latest Posts

Top Authors

Most Commented

Featured Videos