Manhã ou tarde: qual o melhor período para a aprendizagem infantil?

Manhã ou tarde: qual o melhor período para a aprendizagem infantil?

Psicopedagoga fala sobre o assunto e dá dicas sobre como garantir que o relógio biológico da criança se ajuste à necessidade da família.

Psicopedagoga fala sobre o assunto e dá dicas sobre como garantir que o relógio biológico da criança se ajuste à necessidade da família.

É hora de rematrículas! E mudar de turno pode ser uma questão para muitas famílias. Manhã ou tarde? Existe um horário mais recomendado para a aprendizagem? “Muitos pais têm essa dúvida”, conta a diretora pedagógica da Escola da Cidade, Esther Guimarães.
Psicopedagoga há 30 anos, Esther acredita que, no período da manhã, muitas crianças sentem-se mais predispostas aos processos de aprendizagem porque estão descansadas, além do clima ser mais fresco nesse período. “No começo da manhã, há um pico de cortisol e noradrenalina no cérebro, que fortalece o nível de atenção. Mas isso não significa que a criança só terá um bom aproveitamento se estudar pela manhã. O horário é perfeitamente adaptável. Acredito que o melhor horário é aquele em que há uma harmonia entre o ritmo funcional da criança, a organização do tempo e a adequação à rotina da família”, ressalta.

A importância da rotina!
A especialista alerta para o fato de que o mais importante é manter a rotina da criança. “Para que o relógio biológico fique sincronizado, é preciso manter as atividades diárias nos mesmos horários, inclusive, o momento de descansar. A rotina irregular é que coloca o corpo em stress, tão ruim nessa fase de aprendizados e de formação. Avalie o perfil do seu filho, veja qual horário fica bom para toda a família e zele pela rotina, porque assim qualquer escolha de horário que fizerem dará certo”, afirma Esther Guimarães.

Mais sobre a Escola da Cidade
Com turmas de Berçário ao 5º Ano, nos períodos Matutino, Vespertino e Integral, há 30 anos, a Escola da Cidade realiza um trabalho exclusivo, baseado no Construtivismo, por meio do qual o aluno pratica pesquisa para aprender a pensar os conhecimentos de forma integrada. Com estrutura física que integra de modo aconchegante salas de aula, quadra de esportes, pátios abertos para cultivo da natureza e cozinha própria, conta com equipe pedagógica em constante formação, além de nutricionista especializada em alimentação funcional. Bilíngue, trabalha a língua inglesa de forma lúdica para que, ao fim do Ensino Fundamental I, o aluno sinta-se seguro nas quatro habilidades linguísticas e obtenha o certificado de Cambridge.

Michele Borges
ADMINISTRATOR
PROFILE

Posts Carousel

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *

Cancel reply

Latest Posts

Top Authors

Most Commented

Featured Videos