Rede de Fazendas Protegidas é implantado em Uruana de Minas e Natalândia

Rede de Fazendas Protegidas é implantado em Uruana de Minas e Natalândia

Cerca de dez cidades do noroeste de Minas Gerais estão integradas ao programa de segurança rural. Em franca expansão, o programa de segurança rural Rede de Fazendas Protegidas, idealizado e desenvolvido pela empresa de geoprocessamento, Earth Brasil, em parceria com a Polícia Militar, já está implantado em cerca de 200 municípios mineiros. Mais de 250

Cerca de dez cidades do noroeste de Minas Gerais estão integradas ao programa de segurança rural.

Em franca expansão, o programa de segurança rural Rede de Fazendas Protegidas, idealizado e desenvolvido pela empresa de geoprocessamento, Earth Brasil, em parceria com a Polícia Militar, já está implantado em cerca de 200 municípios mineiros. Mais de 250 mil propriedades rurais do estado estão cadastradas no programa e outras cerca de 92 mil estão em fase de cadastramento.
Neste mês, foi a vez de Uruana de Minas e Natalândia serem integradas à Rede.
Segundo o Comandante Sargento de Uruana, Wander Sabino Fernandes, na cidade a implantação do programa está sendo viabilizada pela parceria entre Polícia Militar, Prefeitura Municipal e produtores rurais. Em Natalândia, a iniciativa é dos próprios fazendeiros da região juntamente com a Polícia Militar. “Hoje em dia, as fazendas são alvos frequentes de roubos. Acreditamos que esse mecanismo de ação inibirá essas quadrilhas que agem nas propriedades colocando em risco a vida de muitas pessoas”, disse Paulo Sérgio Laurindo, produtor rural e vice-prefeito de Natalândia.
De acordo o diretor da Earth Brasil, Plinio Pereira, a previsão é de que, até o final deste ano, 50% de toda a área rural de Minas Gerais esteja mapeada e integrada ao Programa, que tem levado mais segurança para as famílias do campo.
Dados oficiais da PM comprovam a redução de até 60% da criminalidade em algumas das localidades onde o Programa Rede de Fazendas Protegidas está funcionando, chegando a 100% em alguns municípios.

Como o Programa funciona na prática
A cada produtor rural da cidade integrada ao Programa é disponibilizado o número código de sua propriedade. Esse número passa a ser o endereço da propriedade, pois nele estão localizadas as coordenadas geográficas da sede da propriedade e isso proporcionará o atendimento por parte da Polícia Militar e/ou Samu, ambulância, bombeiros, em menor tempo devido à utilização de navegação em sistema de GPS para a localização.
Ao produtor cadastrado, é disponibilizado ainda a utilização do APP Earth Brasil, que pode ser baixado gratuitamente na Play Store do celular e que oferece Botão de Pânico para situações de emergência: pedido de socorro médico ou crime. Quando a pessoa aperta o botão no aplicativo do celular, Polícia Militar e/ou Samu são acionados e recebem a localização precisa do chamado instantaneamente.

Além da segurança física e patrimonial
Para o idealizador do Programa, o Rede de Fazendas Protegidas vai além da segurança física e patrimonial. “O produtor rural precisa de segurança para ficar no campo. Sem segurança, há uma tendência à migração, especialmente, do pequeno produtor para as cidades, e sabemos que hoje cerca de 70% do que se consume no Brasil vem das pequenas propriedades. Desse modo, vemos o Programa como um aliado não só da segurança física e patrimonial do produtor rural, mas também da segurança alimentar no Brasil”, diz.

Michele Borges
ADMINISTRATOR
PROFILE

Posts Carousel

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *

Cancel reply

Latest Posts

Top Authors

Most Commented

Featured Videos