Show Rosa dos Ventos traz a Uberlândia “cantautores” de norte a sul

Show Rosa dos Ventos traz a Uberlândia “cantautores” de norte a sul

Com entrada franca e a riqueza da diversidade musical brasileira, espetáculo acontecerá dia 23/02 no Teatro Municipal de Uberlândia (MG). Retirada de ingressos começa dia 15/02. Confira!

Com entrada franca e a riqueza da diversidade musical brasileira, espetáculo acontecerá dia 23/02 no Teatro Municipal de Uberlândia (MG). Retirada de ingressos começa dia 15/02. Confira!

A ideia de reunir diversas texturas e cores musicais em um só palco surgiu há dois anos durante as andanças do músico, Erick Castanho, pelo Brasil afora para lançamento do seu álbum, Elemental.
“Quando vi a riqueza cultural contida em cada um dos locais que visitei, quis juntar tudo em um só momento em que pudéssemos apresentar as diferenças e convergências dessa nossa cultura tão vasta e bonita. Foi assim que, conhecendo Leste e Oeste, Norte e Sul, o Brasil em toda sua gama de sonoridades e poética, convidei cada um destes artistas-amigos para nos juntarmos no show Rosa dos Ventos, porque sei que, muito além do talento que possuem, são pesquisadores culturais e entendem das manifestações de suas regiões de forma profunda e histórica”, conta o artista uberlandense, reconhecido por um trabalho no qual é possível encontrar ecos da música raiz, dos folclores medievais e andinos, das reminiscências indígenas e africanas, além de diversas outras influências vivenciadas em anos de estrada.

Um encontro único!
Um dos “cantautores” convidados por Erick para o show Rosa dos Ventos em Uberlândia é Lucas Oliveira, de Recife (PE), que vem à cidade pela primeira vez. “Conheci Erick em 2015 em um encontro de músicos latino-americanos. Em 2016, ele veio à Recife, fizemos alguns trabalhos juntos e ele me falou da sua proposta para Uberlândia. Fiquei na expectativa e agora esse momento chegou. Será um grande reencontro com Erick e um desafio muito bom dividir o palco com Sol Bueno e Valdir Verona, a quem não conheço pessoalmente”, diz Lucas.
Apesar da forte ligação com a tradição nordestina, como a música harmorial e a poesia de cordel, Lucas é também pesquisador de outras manifestações, como a folia de Minas, a milonga do Rio Grande do Sul, a música caipira do interior de São Paulo… “Acredito que, apesar de sermos de regiões distintas, todos os músicos convidados para o Rosa dos Ventos têm uma filosofia artística parecida, que é a ligação com a cultura popular, com a música folclórica, que usa a viola, o violão, percussões mais simples, uma música mais simplificada na estrutura, mas também muito complexa no sentimento, na filosofia e na essência. Além disso, o fato de termos um trabalho que não está na grande mídia e que vai por um caminho mais alternativo buscando uma aproximação maior com o público nos une muito”, comenta Lucas.
Valdir Verona é outro grande músico que subirá ao palco do Teatro Municipal de Uberlândia no próximo dia 23. Natural de Caxias do Sul (RS), ele tem 30 anos de carreira e um importante trabalho de resgate da viola de 10 cordas na música do Sul. “Estou muito feliz com esse encontro de músicos que, apesar das diferenças, têm muitos pontos de convergência. Acho muito importante podermos mostrar um pouco da diversidade cultural desse país continente que é o Brasil e a junção de artistas tão distintos faz com que o Rosa dos Ventos seja um espetáculo único”, expressa o artista, que tem
vários CD’s gravados e prêmios entre os mais representativos da viola brasileira.
Junto à Erick Castanho, Lucas Oliveira e Valdir Verona, estará ainda uma “cantautora” que vem representando as mulheres e todo o povo de Minas e do Brasil com uma música que fala das vivências do cerrado e da Bacia do São Francisco. Sol Bueno, de Pitangui (MG), será a voz feminina do show. “Quando recebi o convite e pensei nas pontes e na paisagem sonora possível de se construir nesse palco, para um mesmo público, achei maravilhoso. O conceito de reunir pessoas de regiões diferentes traz uma perspectiva de trocas e intercâmbio de sonoridades muito rica. Isso nos faz pensar como cada região tem tanto a dialogar. Esse show trará esse retrato de uma diversidade que dialoga, que se abraça e se reconhece no diferente”, afirma Sol Bueno.
O Projeto Cultural Rosa dos Ventos – Brasil Multicultural é incentivado pelo PMIC – Programa Municipal de Incentivo à Cultura, através da Secretaria Municipal de Cultura de Uberlândia. E além do show, realizará com os artistas convidados duas oficinas de ritmos populares em escolas de Uberlândia. “A proposta é que os artistas compartilhem com os alunos suas pesquisas nos diversos ritmos brasileiros, colaborando ainda com sua formação musical e com a democratização do acesso a bens culturais”, acrescenta o idealizador do projeto, Erick Castanho.

Serviço:
Show Rosa dos Ventos
Dia 23/02 às 20h
Teatro Municipal de Uberlândia
Entrada: 1 Kg de alimento não perecível para doação ao Núcleo Maria de Nazaré. Retirada do ingresso a partir de 15/02 no Colégio Objetivo (R. da Ciência, 82 – Morada da Colina); Samsara Espaço Esotérico (Av. Cesário Alvim, 619 – Centro) e Ganesha Restaurante Vegetariano (R. Euler Lanes Bernardes, 428 – Santa Mônica).

Michele Borges
ADMINISTRATOR
PROFILE

Posts Carousel

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *

Cancel reply

Latest Posts

Top Authors

Most Commented

Featured Videos