Sol pode desencadear Lúpus. No verão, cuidados devem ser redobrados.

Sol pode desencadear Lúpus. No verão, cuidados devem ser redobrados.

Cerca de 30% a 40% das pessoas que têm a doença apresentam maior sensibilidade aos raios ultravioletas.

Cerca de 30% a 40% das pessoas que têm a doença apresentam maior sensibilidade aos raios ultravioletas.

O Lúpus é uma doença que ataca nosso sistema imunológico e que pode ser desencadeada com a exposição à luz solar.
Cerca de 30% a 40% das pessoas que têm a doença apresentam maior sensibilidade aos raios ultravioletas, que, muitas vezes, geram o surgimento de novas lesões na pele e crises de atividade do Lúpus (o sol, nesse caso, funciona como gatilho).
“Quando o paciente fica exposto à luz solar por horas seguidas e sem proteção, sua pele fica avermelhada (no rosto, são visíveis lesões com o formato de asa de borboleta)”, diz o reumatologista, Dr. Carmo de Freitas.
Lúpus eritematoso sistêmico é o mais comum e ataca não só a pele, mas vários órgãos e tecidos do organismo, como articulações, membranas que revestem órgãos, pulmões, sangue, coração, rins, fígado, cérebro e sistema nervoso central.
“É uma doença de autodestruição. O indivíduo produz anticorpos contra ele mesmo. Mas, ainda assim, muitas vezes, o próprio organismo consegue se curar da doença”, comenta Dr. Carmo.

Orientações
A recomendação crucial do reumatologista é que o paciente com Lúpus evite exposição ao sol. “Orientamos que os pacientes com a doença sempre utilizem bloqueadores solares fator 30 quando saírem às ruas. Mesmo se o dia estiver nublado, é preciso usar o produto. O importante é impedir que surja o processo inflamatório; quando a pele já está avermelhada e com certo prurido, é sinal de que a inflamação já começou”, afirma.
Segundo Dr. Carmo de Freitas, o paciente com Lúpus pode frequentar a praia, mas é necessário cuidado redobrado com o corpo. “Sempre utilize bloqueadores solares com fator mínimo de proteção número 30. Reaplique a cada duas ou três horas, com antecedência de 15 a 30 minutos antes da exposição ao sol. E lembre-se que os raios UV são mais intensos entre 10 e 15 horas”. A dica do reumatologista é passar o equivalente a uma colher de chá de protetor no rosto, braços e pescoço.

Atenção mulheres e homens!
O Lúpus é mais prevalente em mulheres em função também do fator hormonal, mas pode aparecer em homens, e quando isso ocorre, geralmente, acontece de forma mais agressiva.

Michele Borges
ADMINISTRATOR
PROFILE

Posts Carousel

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *

Cancel reply

Latest Posts

Top Authors

Most Commented

Featured Videos