Temporada de Teatro Trupe de Truões começa dia 7 de Outubro em Uberlândia

Temporada de Teatro Trupe de Truões começa dia 7 de Outubro em Uberlândia

Espetáculos a preço popular acontecerão no Ponto dos Truões até dia 22. Depois disso, Truões partem para apresentação internacional.

Espetáculos a preço popular acontecerão no Ponto dos Truões até dia 22. Depois disso, Truões partem para apresentação internacional.

Uberlândia vai receber em Outubro mais uma iniciativa da Trupe de Truões que está completando 15 anos de trabalho dedicado não somente à pesquisa e criação teatral, mas especialmente à formação de público na cidade.
É a Temporada de Teatro Trupe de Truões que vai acontecer de 07 a 22 de Outubro no Ponto dos Truões com apresentação de espetáculos a preço popular. “A Temporada faz parte do projeto ‘Programa Casa Aberta: 15 anos de Trupe de Truões’ que está sendo viabilizado pela Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais com patrocínio do Instituto Algar, e tem como objetivo dar continuidade às nossas atividades de formação de público. Vem como uma forma de manter em repertório trabalhos do grupo, além de proporcionar a Uberlândia uma programação contínua de teatro”, diz Amanda Barbosa, integrante da Trupe de Truões.
Durante a Temporada, serão apresentados dois espetáculos. Um deles – Zapato busca Sapato – é o mais recente e fruto de uma parceria internacional. Já o outro – Ali Babá e os 40 Ladrões – é uma das primeiras concepções do grupo que ganhou nova montagem em 2014 e com a qual a Trupe viajará em seguida para apresentação internacional. “A escolha dos dois espetáculos para a Temporada em Uberlândia tem a ver com o momento atual em que estamos conseguindo romper fronteiras internacionais. Zapato busca Sapato é dirigido por Clarissa Malheiros – que apesar de ser brasileira vive há 35 anos fora do País, tem co-produção da cia La Máquina de Teatro do México, por onde o espetáculo está circulando com outro elenco, e ainda dramaturgia do moçambiquenho, Rogério Manjate, unindo desse modo três países de três diferentes continentes. Já o espetáculo Ali Babá e os 40 Ladrões é o primeiro com o qual conseguiremos levar a Trupe de Truões toda para fora do País. Logo após a Temporada em Uberlândia, partiremos para o Chile. Fomos selecionados para apresentá-lo na feira internacional, FITA Chile, para curadores de vários festivais mundiais”, comemora Amanda.

Serviço:
Temporada de Teatro Trupe de Truões
Período: 07 a 22 de Outubro, sempre às 18h
Ingressos: R$ 20 (inteira) R$ 10 (meia)
Local: Ponto dos Truões – Av. Ana Godoy de Souza, 381 – Santa Mônica – Uberlândia (MG)
Programação:
Espetáculo Zapato busca Sapato – Dias 07 e 08/10 às 18h – Classificação Livre
Espetáculo Ali Babá e os 40 Ladrões – Dias 14, 15, 21 e 22/10 às 18h – Classificação Livre

Mais sobre os espetáculos
***Espetáculo Zapato busca Sapato
Sinopse:
Nossa história começa com o despertar de um pequeno sapato e o reconhecimento de ser diferente já que nasceu sozinho em sua caixa. Zapato busca Sapato narra as aventuras deste sapatinho a procura de seu par e os inesperados encontros no seu caminho que começa no México, passa pelo Brasil, até chegar em Moçambique. É uma viagem entre continentes e culturas, uma travessia que o faz conhecer-se a si mesmo.

A montagem
Zapato busca Sapato é o encontro de dois grupos dedicados ao teatro para crianças e jovens nas Américas: La Máquina de Teatro no México e Trupe de Truões no Brasil, adicionado a colaboração dramatúrgica de Rogério Manjate, poeta, escritor e ator de Moçambique. Juntos os dois grupos fizeram temporadas no Brasil e no México, e participaram do 19º Congresso Mundial da ASSITEJ (Associação Internacional de Teatro para Infância e Juventude), realizando 4 sessões do espetáculo em maio de 2017, em Cape Town, na África do Sul. Os dois grupos seguem com suas montagens, uma brasileira e outra mexicana. E se encontrarão em eventos internacionais para realizarem juntas as apresentações teatrais.

Ficha Técnica:
Direção: Clarissa Malheiros
Dramaturgia: Clarissa Malheiros e Juliana Faesler com colaboração de Rogério Manjate
Elenco: Amanda Barbosa, Laís Batista, Ricardo Augusto e Ronan Vaz
Cenografia: Paulo Merísio
Iluminação: Ronan Vaz
Op. de luz: Thiago Di Guerra
Bonecos e Objetos: Flávio Arciole e Toztli Abril de Dios
Música Original: Clarissa Malheiros e Eduardo Túlio
Op. de som: Amanda Aloysa
Figurino: Juliana Faesler e Ronan Vaz
Coreografia: Marisol Cal Y Mayor
Consultoria e Conteúdo: Lizete Dias De Oliveira
Desenhos e aquarelas: Patricia Henríquez
Realização: Trupe De Truões e La Máquina De Teatro

***Espetáculo Ali Babá e os 40 Ladrões
Sinopse:
… Conta-se a história de dois irmãos e uma caverna.
Cassim é comerciante.
Ali Babá vive de cortar lenha …
… As palavras “Abre-te sésamo!” são proferidas.
O destino deles é alterado.
Um tesouro no interior da caverna é revelado.
Juntado há séculos por uma quadrilha de ladrões …
… Ali Babá se torna rico.
Cassim morre de inveja.
A ira dos ladrões é despertada …
… A história se desenrola cheia de artimanhas,
disfarces
e armadilhas.
Capitaneada pela sagacidade da bela escrava Mogiana …
E assim, Sherazade vai poupando sua vida.

A montagem
Com estreia em 2006, Ali Babá e os 40 Ladrões foi o primeiro conto da tradição popular universal de ‘As mil e uma noites’ encenado pela Trupe de Truões. A montagem do espetáculo foi contemplada com o Prêmio Funarte de Teatro Myriam Muniz e deu continuidade às investigações do grupo na linguagem do teatro infanto-juvenil. Em 2014, ganhou nova montagem, mantendo os elementos principais: a exploração e ressignificação de um único objeto – o bastão – e o exercício de navegação dos atores entre a atuação e a narração na pesquisa de literatura em cena. O espaço ganhou amplitude, evidenciando em seu aspecto de tapete, o fluxo do jogo cênico de figuras múltiplas: personagens-tipo, ressignificação corporal e dança contemporânea. Como griôs, os atores resgatam na figura do narrador-ator o aspecto ritualístico e imemorial do ato de contar histórias.

Ficha Técnica
Texto: Inspirado livremente nos livros “Ali Babá e os Quarenta Ladrões” de Edson Rocha Braga e “Livro das Mil e Uma Noites, Volume 4 – Ramos Egípicio + Aladim e Ali Babá” traduzido do árabe por Mamede Mustafa Jarouche;
Direção: Getúlio Góis e Paulo Merisio;
Elenco: Amanda Aloysa; Amanda Barbosa; Laís Batista; Ricardo Augusto e Thiago Di Guerra;
Cenografia e caracterização: Paulo Merisio;
Figurino: Deferson Melo e Ronan Vaz;
Sonoplastia: Getúlio Góis;
Operação de Luz: Ronan Vaz
Operação de Som: Getúlio Gois
Oficinas de voz: Dirce Helena Carvalho
Oficina de música: Manoel Moura
Produção e Realização: Trupe de Truões

Michele Borges
ADMINISTRATOR
PROFILE

Posts Carousel

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *

Cancel reply

Latest Posts

Top Authors

Most Commented

Featured Videos