Uma cidade se faz de sonho

Uma cidade se faz de sonho

De João Pereira da Rocha, Nicomedes Alves e Ruy de Castro Santos à JRN Empreendimentos Imobiliários, o desenvolvimento e urbanização de Uberlândia passa pelo amor e entusiasmo dos que por aqui foram acolhidos. Há 200 anos, um homem chamado João Pereira da Rocha, desbravador vindo de Vila Rica (MG), chegou a estas terras montado em

De João Pereira da Rocha, Nicomedes Alves e Ruy de Castro Santos à JRN Empreendimentos Imobiliários, o desenvolvimento e urbanização de Uberlândia passa pelo amor e entusiasmo dos que por aqui foram acolhidos.

Há 200 anos, um homem chamado João Pereira da Rocha, desbravador vindo de Vila Rica (MG), chegou a estas terras montado em seu cavalo à procura de um lugar próspero para fincar raízes e fazer história. Um visionário por natureza que inspirou outras famílias, como a de Felisberto Carrejo, a fazer o mesmo. E, assim, constituiu-se a formação primitiva da população do município de São Pedro do Uberabinha com o surgimento das primeiras fazendas: São Francisco, Monjolinho, do Pombo, da Tenda, Palma da Babilônia, Olhos d’água, Boa Vista, Lage, cada qual com sua importância e vocação.
Desde os primeiros entrantes, cada geração que se sucedeu trouxe consigo novos visionários e empreendedores que alavancaram o desenvolvimento de Uberlândia, especialmente, pelo amor que sentiam por essa terra.
Nicomedes Alves dos Santos foi um desses que, desde cedo, demonstrou espírito de liderança singular. Pequeno, já acompanhava o pai na lida da fazenda e, aos 15 anos, assumiu os negócios da família. Empreendeu longas viagens pelos sertões de Goiás e Mato Grosso, penetrando São Paulo e parte de Minas Gerais, levando espécies apuradas de gado para venda, e dando início assim ao sistema comercial de Zebu entre esses quatro importantes estados brasileiros.
Empresário, fundador do primeiro frigorífico da cidade, participou ativamente de todos os setores da vida uberlandense, tendo sido um dos fundadores da Associação Rural de Uberlândia e do Rotary Club, e proprietário do Cine Uberlândia, juntamente com seu filho Ruy de Castro Santos. Sua rede de cinemas teve filiais em Ribeirão Preto, Franca, Barretos e Goiânia.
Nicomedes foi também sócio-diretor da Rádio Educadora e um dos fundadores da TV Paranaíba, além de conselheiro dos governantes. Conheceu pessoalmente presidentes e governadores, e por onde passava apresentava Uberlândia como terra de prosperidade.

Referência no setor imobiliário e urbanístico
Seguindo os passos do pai e empreendendo também de forma inovadora, Ruy de Castro Santos, filho de Nicomedes, fez de Uberlândia uma referência no setor imobiliário e urbanístico, colaborando diretamente para o surgimento de diversos bairros da cidade.
Foi Ruy quem fez uma das mais importantes doações de terreno para as áreas da Educação e Saúde da cidade. Em 1966, doou 60 mil m² para a construção da Famed – Faculdade de Medicina e Cirurgia de Uberlândia, que veio a transformar a realidade local, atraindo estudantes, profissionais, e tornando-se referência em todo o País. Uberlândia foi uma das primeiras cidades brasileiras a ter unidades básicas de saúde para atendimento à população em decorrência, entre outras coisas, da iniciativa pioneira que foi a idealização e construção da Famed.
Ainda no setor urbanístico, a saga da família seguiu com a urbanização de diversos bairros, entre eles, Alto Umuarama 1, 2 e 3, e o mais recente lançamento, Praça Alto Umuarama, bairro na região leste com espaços públicos cuidados, área verde de mais de 18.000 m², tudo muito bem planejado, e que recebe a assinatura da empresa JRN Empreendimentos Imobiliários, antigo grupo Alto Umuarama.
Seguindo as tendências urbanísticas, com valorização das áreas verdes, da integração familiar e espaços públicos bem planejados, o novo bairro coloca Uberlândia no topo das referências nacionais e até mesmo mundiais, uma vez que incentiva a integração do usuário em relação ao local, voltando-se para conceitos de qualidade de vida, através do uso misto de estabelecimentos (comerciais, residenciais e multiuso) e diversidade de moradias.
Assim, do início à atualidade, passando por Nicomedes, Ruy de Castro Santos e chegando à JRN Empreendimentos Imobiliários, que já desenvolveu e planejou mais de três milhões de m², a história da urbanização de Uberlândia passa pela vocação de cada um que sonha e trabalha por essa cidade próspera e inovadora, sempre à frente de seu tempo.

Michele Borges
ADMINISTRATOR
PROFILE

Posts Carousel

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *

Cancel reply

Latest Posts

Top Authors

Most Commented

Featured Videos